A hora e a vez dos “CACHOS”

É a nova realidade da mulher brasileira ser amiga de seus crespos”. A frase é do expert Sylvio Rezende, que encontra eco na afirmação do colega Wagner Ramos, ambos cabeleireiros de São Paulo. “Agora, só falta mais mão de obra capacitada para atender a tantos clientes.” Ambos acreditam, alias, que foi a junção de bons artigos, dinheiro para comprá-los e profissionais qualificados  que culminou no boom de fios ao natural que vivemos hoje. Pois é fato que, há pouco mais de dez anos, o poder aquisitivo do brasileiro começou a aumentar e, assim, as mulheres passaram a investir mais em sua beleza. “O crespinho se tornou desejável e ganhou força nas passarelas, na mídia e nas ruas, principalmente porque passou a ter uma finalização melhor”, completa Fernando Paolo, do salão Fernando Fernandes, localizado também na capital paulista.

Trocando em miúdos, o segredo do sucesso do enroladinho é que ele vem sendo bem-tratado. “Percebemos que muitas mulheres estão deixando os alisamentos de lado para assumir seus cachos e, dessa forma, ter mais liberdade”, diz Zilda Barreto, da rede de salões especializados Instituto Beleza Natural, no Rio de Janeiro. “Para tanto, o que elas querem é tratar, domar e amaciar o cabelo, exibindo com beleza”, reforça Sylvio Rezende.

QUESTÃO DE RAIZ

Na verdade, este tipo de fio sempre foi predominante no nosso país, “o mercado é que nao abria os olhos para ele”, salienta Fernando, lembrando que mais de 70% da população brasileira têm cabelo considerado de ondulado a muito crespo. “As mulheres não aguentam mais a sugestão óbvia e simplista do alisamento, querem um tratamento personalizado”. Ha uma década, quando se falava em itens para fios rebeldes, logo vinha em mente a vasta gama de produtos para alisar e proteger contra o uso de escova e chapinha frequentemente. Depois, foram surgindo xampus, máscaras e outros cuidados com tecnologia especifica para eles. E se antes o foco era o alisamento, agora o que faz a cabeça das mulheres são as opções que permitem uma boa finalização.

“Quando uma mulher exibe um enrolado na altura dos ombros, significa que dispensou o alisamento há pelo menos dois ou três anos”, observa Fernando Paolo. Comprovação de que o movimento que acaba de estourar já vem sendo formado há um tempo.” Hoje elas querem assumir seu estilo natural, o que é ótimo, porque o afro representa a identidade da brasileira”, diz Sylvio. Mas Wagner Ramos alerta: engana-se quem acredita ser possível dispensar cuidados só porque não fez transformação química. ” Tratamento e manutenção são necessários sempre, até porque, geralmente, os crespos carecem de oleosidade”. 

Anúncios

Sobre italianbeautyco

A Italian Beauty nasceu de uma necessidade de atender o mercado em constante crescimento da Cosmetologia e revolucionou a cidade de São Paulo quando iniciou suas atividades. O foco principal é suprir todas as necessidades do mercado de cosméticos, combinando tecnologia, qualidade, segurança e oferecendo aos profissionais, produtos que permitam o aprimoramento de suas técnicas e a expansão máxima de sua criatividade.
Esse post foi publicado em Italian Beauty. Bookmark o link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s