Guanidina vs. Amônia

Quando uma cliente chega ao salão para alisar os cabelos de maneira definitiva é preciso saber na ponta da língua qual o processo químico mais indicado para ela. Incompatíveis, o hidróxido de GUANIDINA e o TIOGLICOLATO DE AMÔNIA são duas opções bastante utilizadas, mas sem conhecimento e domínio da técnica, o profissional pode transformar o procedimento em um verdadeiro desastre, pois essas duas químicas não combinam entre si.

Trata-se de substancias “inimigas” que conflitam quimicamente. Por isso, em processos de alisamento permanente, quem utiliza uma não pode jamais usar a outra.

“Em cima de um fio relaxado não se usa outro ativo diferente do usado anteriormente”, afirma a engenheira química Camila Cerdeira, proprietária do K. Pro- Profissional.

Por isso, a primeira coisa a fazer antes de servir um cafezinho para a cliente é conversar com ela para saber se o histórico do que já foi feito no dela. É claro que muitos salões têm o feliz habito de fazer fichas com todos os dados dos procedimentos realizados, mas se esse não é o caso, entra em ação uma super cartada: o teste de mechas. É ele que vai definir qual tipo de alisamento o cabelo recebe melhor. Em qualquer situação o teste é indispensável para a segurança e a tranqüilidade do profissional no processo.  

Hidróxido de Guanidina: É considerado um dos ativos mais versáteis atualmente no mercado, por ser um hidróxido com base mais fraca que os demais, comparando com os hidróxidos de lítio, cálcio, potássio e sódio. Seu procedimento muda a estrutura do fio e dá um aspecto relaxado e natural.

Tioglicolato de Amônia: Como seu poder de alisamento é menor do que o da guanidina, o processo é indicado para quem tem cabelos volumosos ou cacheados. ”O segredo do processo está na escova, é ela que vai deixar o cabelos mais liso ou só dar uma reduzida no volume”, explica Koji Bo.

Anúncios

Sobre italianbeautyco

A Italian Beauty nasceu de uma necessidade de atender o mercado em constante crescimento da Cosmetologia e revolucionou a cidade de São Paulo quando iniciou suas atividades. O foco principal é suprir todas as necessidades do mercado de cosméticos, combinando tecnologia, qualidade, segurança e oferecendo aos profissionais, produtos que permitam o aprimoramento de suas técnicas e a expansão máxima de sua criatividade.
Esse post foi publicado em Italian Beauty. Bookmark o link permanente.

9 respostas para Guanidina vs. Amônia

  1. mah disse:

    mas a definitiva em um cabelo ondulado nao muito quanto tempo dura no maximo?

  2. Daiane Oliveira disse:

    Esta publicação me ajudou bastante, eu estava prestes a fazer uma besteira em meu s cabelos, obrigado!

  3. edjane disse:

    oi, boa noite, aliso meu cabelo com guanidina da avlon tem tres meses,mas quero colocar a hamonia da loreal, será que meu cabelo aguenta?
    desde já agradeço!!!!

  4. Just desire to say your article is as surprising. The clearness to your
    submit is just excellent and that i can assume you are a
    professional in this subject. Well with your permission let me to snatch your feed to stay updated with drawing close post.
    Thanks a million and please carry on the enjoyable
    work.

  5. Clotilde Santos disse:

    Eu usei amônia a uns 6meses atrás, tô quando agora passar guanidina ‘ tem algum problema?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s